Não é que eu seja triste. Ao contrário, sou um louco da guerra, sou um louco lindo, gosto de me divertir, gosto de tomar vinho, gosto de comer bem, gosto da vida, assim que minha música não tem porque ser triste. É triste porque o tango é triste, tem raízes tristes, dramáticas, sensuais às vezes, religiosas, tem um pouco de tudo. Religiosas, pelo bandoneão que foi inventado para acompanhar a liturgia na Alemanha. O tango é triste, é dramático, mas não pessimista. Pessimistas eram as letras de antes, totalmente absurdas.

astor piazzolla

Trend Topics(tags)

adorno agua alien alma amigo amizade amor ano anonimo bom buda cabo casamento cerveja cinema clarice lispector cola democracia deus dinheiro dor dormir drama drogas educacao energia esp espirito esporte felicidade filhos friedrich nietzsche gandhi guerra hebbel homem humanidade ir isabel allende jornalista liberdade lula mae marques marques de marica melhorar mentira mesa morte mulher mulheres mundo nada nunca padre antonio vieira palavras papel pensamento pizza politica politicos professor prov proverbio proverbio alemao proverbio portugues relogio saco seguranca semana sexo shaw sociedade sol teatro trabalhar trabalho verdade vida xuxa