Jorge Luiz BorgesRivalidade, entre nós e “hermanos”, é notável no comportar-se da maioria. Mas com este, não podemos ser levianos, foi grande, comportando-se com maestriaPoeta, contista, ensaísta, romancista, artista das letras. Democracias, ditaduras, não cambiavam sua mente. Enquadrou sua caneta, aos homens de baioneta, mesmo assim... portas abertas da esquerda valente.Respeito!... ao poeta maior, que o caos político não lhe impunha pavor. Ruborizado presenciei palestra, deste que parecia reger orquestra, quando em aplauso ensurdecedor o aclamaram com fervor. Presenciei, vi, senti e certifiquei, que gênio não se curva à linha mestra.Suspense... e olhares assustadores diante de nós, estava um que apoiava os ditadores. Mas era o grande e surpreendente... Jorge Luiz, que veio, e falou o que quis.

abraao leite sampaio

Trend Topics(tags)

adorno agua alien alma amigo amizade amor ano anonimo bom buda cabo casamento cerveja cinema clarice lispector cola democracia deus dinheiro dor dormir drama drogas educacao energia esp espirito esporte felicidade filhos friedrich nietzsche gandhi guerra hebbel homem humanidade ir isabel allende jornalista liberdade lula mae marques marques de marica melhorar mentira mesa morte mulher mulheres mundo nada nunca padre antonio vieira palavras papel pensamento pizza politica politicos professor prov proverbio proverbio alemao proverbio portugues relogio saco seguranca semana sexo shaw sociedade sol teatro trabalhar trabalho verdade vida xuxa